segunda-feira, 9 de julho de 2018

Aborto - Vítima de Estupro




"Mas, vindo a plenitude dos tempos, Deus enviou seu Filho, nascido de mulher, nascido debaixo de lei, para resgatar os que estavam debaixo de lei, a fim de recebermos a adoção de filhos". Gálatas 4:5-5

Continuação do relato de Rebecca Kiessiling. Se você não leu o texto anterior, clique aqui:


Eu gostaria de poder dizer que minha mãe biológica estava com a maioria das vítimas*, e que ela não queria me abortar, mas ela estava convencida do contrário. No entanto, a disposição desagradável e o beco sujo do segundo abortista, juntamente com o medo de sua própria segurança, fizeram com que ela recuasse. Quando ela lhe disse por telefone que não estava interessada nesse arranjo arriscado, esse médico abortista a insultou e a chamou por nomes [de baixo calão]. Para sua surpresa, ele ligou novamente no dia seguinte para tentar convencê-la a me abortar mais uma vez, e novamente ela recusou e foi insultada. E foi assim, depois disso, ela simplesmente não conseguiu mais abortar. Minha mãe biológica estava entrando no segundo trimestre da gravidez, muito mais perigoso e muito mais caro para abortar.

Eu sou tão grata que minha vida foi poupada, mas muitos cristãos bem intencionados diriam coisas para mim como: "Bem, veja você, Deus realmente quis que você estivesse aqui!" Ou outros podem dizer: "Você deveria estar aqui.” Mas sei que Deus quer que toda criança que ainda não nasceu tenha a mesma oportunidade de nascer, e não posso me sentar contente dizendo:“ Bem, pelo menos minha vida foi poupada ”. Ou "eu mereci. Veja o que fiz com a minha vida." E milhões de outras pessoas não o fizeram? Eu não posso fazer isso. Você pode? Você pode simplesmente sentar-se e dizer: “Pelo menos eu fui querida. . . pelo menos eu estou viva" ou seja o que for! Esse é realmente o tipo de pessoa que você quer ser? Coração frio? Uma fachada de compaixão no exterior, mas fria como pedra e desocupada por dentro? Você afirma se importar com as mulheres, mas não se importava comigo, porque eu sou um lembrete de algo que você prefere não encarar e que você odiaria que outras pessoas considerassem? Eu não me encaixo na sua agenda? 


Na faculdade de direito, eu também tinha colegas de classe dizendo coisas para mim como: “Oh bem! Se você tivesse sido abortada, você não estaria aqui hoje, e você não saberia a diferença de qualquer maneira, então o que isso importa?" Acredite ou não, alguns dos principais filósofos pró-aborto usam esse mesmo tipo de argumento: "O feto nunca sabe o que o atinge, então dessa forma não existe feto para perder a vida." Então, eu acho que enquanto você esfaquear alguém nas costas enquanto ele está dormindo, então tudo bem, porque ele não sabe o que o acerta? Eu explicaria aos meus colegas de classe como a mesma lógica deles justificaria que "se eu o matasse hoje, você não estaria aqui amanhã, e não saberia a diferença de qualquer maneira, então o que isso importa?” E eles apenas permaneceriam lá com seus queixos caídos. 


Como o velho ditado: "Se uma árvore cai na floresta e ninguém está por perto para ouvi-la, faz barulho?" E se um bebê é abortado e ninguém mais está por perto para saber sobre isso, isso importa? A resposta é sim! Suas vidas são importantes. Minha vida é importante. Sua vida é importante e não deixe ninguém te dizer o contrário! O mundo é um lugar diferente porque era ilegal a minha mãe biológica me abortar naquela época. Sua vida é diferente porque ela não podia me abortar legalmente porque você está sentado aqui lendo minhas palavras hoje! Mas você não precisa impactar o público para que sua vida seja importante. Há algo que todos nós estamos perdendo aqui hoje por causa das gerações que agora foram abortadas e isso importa.

Uma das maiores coisas que aprendi é que o estuprador NÃO é meu criador, como algumas pessoas querem que eu acredite. Meu valor e identidade não são estabelecidos como um “produto de estupro”, mas como uma filha de Deus. O Salmo 68: 5,6 declara: "Pai para o órfão. . . é Deus em sua morada santa". Deus coloca os solitários em famílias. E o Salmo 27:10 nos diz: "Embora meu pai e minha mãe me abandonem, o Senhor me receberá". Eu sei que não há estigma em ser adotado. Nos é dito no Novo Testamento que é no espírito de adoção que somos chamados a ser filhos de Deus através de Cristo, nosso Senhor. Então ele deve ter pensado muito em adoção para usar isso como uma imagem do seu amor por nós! 

Mais importante ainda, aprendi e poderei ensinar meus filhos e ensinar aos outros que seu valor não se baseia nas circunstâncias de sua concepção, seus pais, seus irmãos, sua companheira, sua casa, suas roupas, sua aparência, seu QI, suas notas, sua pontuação, seu dinheiro, sua ocupação, seus sucessos ou fracassos, ou suas habilidades ou deficiências - essas são as mentiras que são perpetuadas em nossa sociedade. 
A verdade é que você não precisa provar o seu valor para ninguém, e se você realmente quer saber qual é o seu valor, tudo o que você precisa fazer é olhar para a cruz - porque esse é o preço que foi pago por sua vida! Esse é o valor infinito que Deus colocou em sua vida! Ele acha que você é muito valioso, e eu também. Você não se juntará a mim para afirmar o valor dos outros também, na palavra e na ação? 

*De acordo com a pesquisa do Dr. David Reardon, diretor do Instituto Elliot a maioria das mulheres que engravidam de agressões sexuais não querem um aborto e, na verdade, ficam piores depois de um aborto.

Continue lendo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário